domingo, 25 de junho de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Nazismo
7
 

Magda Goebbels, a mulher ideal do Terceiro Reich, era judia

Um documento achado por um historiador revela que o pai biológico da esposa do ideólogo do nazismo morreu, por ser judeu, no campo de Buchenwald.

FONTES El País Berlín 22 DE AGOSTO DE 2016 21:00 h
Magda Goebbels Magda Goebbels, em uma imagem sem data

Magda Goebbels foi a esposa do fanático ministro de Propaganda do Führer, nominada como "mulher aria ideal" e modelo a ser imitado pelas mulheres do país.



nasceu o 11 de novembro de 1901, foi registrada com os nomes de Johanna Maria Magdalena e com o apellido de sua mãe soltera, Behrendt.



O pai biológico de Magda era o comerciante judeu Richard Friedländer, que se casou com sua mãe em 1908, nove anos após ter iniciado sua relação em Berlim e da que provavelmente nasceu Magda.



Tem sido graças a uma descoberta casual do historiador Oliver Hilmes nos arquivos de Berlim que o país se inteirou de que Friedländer, o pai da esposa de um dos líderes nazistas mais importantes do Terceiro Reich, era judeu.



 



UMA SUSPEITA CONFIRMADA



Durante anos, a imprensa alemã suspeitou que a que se converteu em esposa de Joseph Goebbels tinha escondido toda sua vida um segredo que tê-la-ia condenado a morte no país da bandeira da cruz gamada.



Seu pai foi preso em Bruxelas e enviado ao campo de concentração de Buchenwald, onde morreu em 1938.



Sua filha Magda, que tinha os meios para lhe ter livrado da morte, nunca o tentou. aquilo não se soube mais. Até hoje.



 



UM MATRIMÔNIO ESCURO



Magda Goebbels esteve casada com o jerarca nazista desde janeiro de 1932 até o 30 de abril de 1945, quando ela envenenou aos seis filhos do casal e a seguir se suicidou junto a seu esposo no búnker que possuíam em Berlim.



Conhecia realmente Joseph Goebbels o segredo de sua esposa? Ao menos algo escuro foi mencionado por seu esposo em seus diários de vida. Assim, em 1934, Goebbels escreveu que sua esposa tinha descoberto algo "horrível" relacionado com sua biografia, um comentário surpreendente num líder do nacional-socialismo.



O que é seguro é que as novas revelações sobre a paternidade de Magda deixam em ridículo, com várias décadas de atraso, à poderosa propaganda nazista, que idealizó ao casal Goebbels como a "família aria ideal" e a Magda como modelo a ser imitada pelas mulheres de seu país.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Magda Goebbels, a mulher ideal do Terceiro Reich, era judia
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.