sexta-feira, 17 de agosto de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
ISIS
 

Temem que Daesh mate 400 pessoas que sequestrou em Síria

Os sequestros somam-se às centenas de executados, entre os que se encontravam mulheres e crianças, que se produziram ontem num ataque que pretendia o controle da o Bagaliye.

DAMASCO 17 DE JANEIRO DE 2016 21:00 h
Daesh ISIS, Siria Foto de arquivo de yihadistas do Dáesh em Síria / EFE

O Daesh (auto-proclamado Estado Islâmico, ISIS) tem sequestrado a mais de 400 civis, na cidade de Deir o Zur (este de Síria). Muitos deles eram familiares dos membros das forças do regime sírio.



A captura produziu-se durante um ataque que acabou com a vida de outro elevado número de pessoas, entre 135 (segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos) e 280 (fontes governamentais) no noroeste da urbe.



Os reféns foram levados à periferia ocidental de Deir o Zur e à zona de Maadan, nas afueras de Raqa, o principal bastión do Dáesh em Síria.



O temor é que estas pessoas sejam executadas, como já fizeram ontem na ofensiva pelo controle da o Bagaliye. Segundo a agência oficial de notícias do país, Sã, os terroristas executaram a 280 pessoas.



Os falecidos depois do ataque na o Bagaliye eram, segundo o Observatório, membros das forças armadas e milícias governamentais.No entanto, também se encontravam, ao menos, 85 civis.



Estes últimos acontecimentos se marcam dentro da pugna que mantêm os terroristas contra as forças militares governamentais pelo controle de Deir o Zur. Os milicianos de Bachar Ao Asad têm o controle sobre alguns bairros do norte e o aeroporto da cidade.



Deir o Zur é uma das zonas colindantes à fronteira com Iraque. Este país, junto a Síria, foram as zonas nas que o Dáesh proclamava em 2014 o califato universal, tentando acabar com qualquer outro tipo de autoridade nesta zona.



 



RAQA, DE NOVO ÑO TERROR



Nas últimas 24 horas, um dos principais feudos de DAesh, Raqa,  se converteu em palco da morte de, ao menos, 40 civis. Os bombardeios, que se desconhecem se foram propagonizados por aviação russa ou pela do regime sírio, têm provocado a morte de oito crianças.



Os bombardeios produziram-se em vários focos, entre eles, as cercanias do hospital público da cidade.



As forças aéreas russas, sírias e os membros da coalizão internacional tratam de bombardear as principais posições dos yihadistas em Síria.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Temem que Daesh mate 400 pessoas que sequestrou em Síria
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.