sexta-feira, 28 de abril de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Esporte e fé
1
 

Stephen Curry: “Sou um servidor de Deus”

Proclama-se campeão da NBA com os Golden State Warriors. Seu gesto na vitória é assinalar ao céu: “Quero que a gente saiba pára quem jogo”.

FONTES Christianity Today, NBA GOLDEN STATES 17 DE JUNHO DE 2015 10:13 h
Stephen Curry faith Stephen Curry, lançando um triple em um partido desta temporada. / NBA

Os Golden State Warriors proclamaram-se campeões da NBA depois de derrotar no sexto partido aos Cleveland Cavaliers, num encontro vibrante no que destacou o jogo de equipe que lhes fez ser os melhores tanto em temporada regular como nos play-offs.



Um dos jogadores destacados tem sido Stephen Curry. O talentoso jogador estado-unidense tem contribuído de forma decisiva à vitória de sua equipe.



 



MVP DA TEMPORADA



Stephen Curry é um dos jogadores jovens que mais tem crescido nos últimos anos. Esta temporada tem recebido o galardão individual mais importante da NBA, o de MVP (Most Valuable Player). Sua equipe, os Golden State Warriors, têm passado de ser uma franquia de segundo nível a ser os campeões.



O base dos Warriors recebeu em abril o galardão que lhe coroa como o melhor dos mais de 500 jogadores que competem em 30 equipes profissionais. Curry ficou primeiro depois da votação dos jornalistas especializados, por adiante de James Harden (Houston Rockets) e o chamado sucessor de Michael Jordan, Lebron James.



Na cerimônia de entrega do prêmio, Curry disse ante os assistentes e os meios de comunicação:



“Antes que nada e em primeiro lugar quero agradecer a meu Senhor e salvador Jesus Cristo, por abençoar com as aptidões para jogar ao basquete, por me dar uma família que me apoia a cada dia. Sou um humilde servidor de Deus e não saberia como explicar quão importante é minha fé em quem sou e como jogo este esporte”.



Com base de 27 anos, que tem batido o recorde de triplos anotados numa temporada, com 286, deu um discurso emocional no que foi especialmente agradecido com sua esposa e seu pai, que também tinha jogado na NBA.



 



El gesto de Curry, apuntando al cielo.

UM GESTO PARA “RECORDAR QUEM SOU ANTE DEUS”



Curry explicou o gesto que repete constantemente sobre o parquê, durante os partidos. “Golpeio meu peito e aponto ao céu, simboliza que tenho um coração para Deus. Faço-o a cada vez que salto à pista, assim recordo para quem jogo”.



“As pessoas devem saber a quem represento e por que sou como sou, sou assim graças a meu Senhor e salvador”.



 



SEU LEMA, EM FILIPENSES



Curry tem agora sua própria linha esportiva desenhada por uma conhecida marca esportiva. Em suas esportivas destaca uma referência a seu versículo favorito da Biblia, Filipenses 4:13: “Tudo  posso em Cristo, que me fortalece”.



 



La referencia de su versículo favorito.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Stephen Curry: “Sou um servidor de Deus”
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.