domingo, 25 de junho de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



França
 

Marwa, a menina que o hospital ia desligar sai do coma

O comitê de ética do hospital considerou que a situação era irreversível, mas a pequena abriu os olhos e sorri.

Paris 02 DE DEZEMBRO DE 2016 22:00 h
Marwa, Mohamed Bouchenafa Marwa com seu pai este passado 29 de novembro / Facebook familiar

A história de Marwa não deixa a ninguém indiferente na França. A pequena de um ano de idade está ingressada num hospital de Marselha desde o passado 25 de setembro por causa de um estranho vírus que lhe originou graves transtornos neurológicos e diversas falhas multiorgânicos. Como consequência, a pequena levava dias em coma e as possibilidades de que seguisse com vida eram mínimas.



Conscientes da gravidade do caso, o comitê de ética do hospital tinha tomado a decisão de maneira unânime de não alongar uma agonia irreversível, segundo seu critério, e desligar o respirador que mantinha a Marwa com vida.



Seus pais, reticentes à ideia de perder a esperança de que sua filha pudesse sair do coma, levaram aos médicos do hospital ante os tribunais. A justiça ficou em seu favor e o passado 16 de novembro ordenou que uma equipe de três neurólogos avaliasse a situação de Marwa e as possíveis secuelas neurológicas que poderia estar sofrendo.



A última volta no caso produziu-se nas últimas horas, quando a melhor das notícias se converteu numa realidade: Marwa acordou do coma. Mohamed Bouchenafa, pai da pequena, tem publicado um vídeo em Facebook no que se pode ver, segundo meios locais, como a pequena tem os olhos abertos.





Segundo explica o pai, a menina responde aos estímulos e reage ante a voz de seu progenitor.



Ante a situação, o hospital marsellés tem emitido um comunicado no que pede “calma e serenidade”. Consideram que por ética “devem manter a confidencialidade médica” e aspiram a poder manter um entono acalmado que lhes permita exercer seu trabalho da maneira mais profissional possível.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Marwa, a menina que o hospital ia desligar sai do coma
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.