quinta-feira, 26 de abril de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Guerra global aos cristãos?
 

A cada hora assassinam onze cristãos por sua fé em Jesus

Ante esta “onda mundial de violência” pedem a Obama que exija liberdade religiosa, especialmente a países que recebem dinheiro de EE.UU. como Paquistão, onde um muçulmano pode ser injustiçado se se converte ao cristianismo.
WASHINGTON 22 DE OUTUBRO DE 2013

Durante a primeira década do século XXI, mais de 100.000 cristãos morreram anualmente. Isto é, são 11 pessoas martirizadas a cada hora. Segundo os grupos não religiosos que lutam pelos direitos humanos, 80% de violações da a liberdade religiosa de hoje, são contra dos cristãos.



Os senadores norte-americanos Rand Paul e Ted Cruz, têm feito duras acusações ao presidente Obama. A principal delas é que se pronuncie sobre a “a guerra mundial contra os cristãos”.



RAND PAUL e TED CRUZ

Rand Paul, afirmou que “dezenas de milhões de muçulmanos radicais estão livrando uma guerra global contra o cristianismo” e os EE.UU., considerada a nação cristã maior no mundo, é necessário que intervenha. Depois citou à imprensa uma lista dos últimos ataques contra os cristãos na Síria, Egito, Paquistão, Nigéria, Guiné, Tanzania, Kenia, Indonésia e Líbia, entre outros.



Seu desejo é que Obama, exija maior liberdade religiosa, especialmente nos países que recebem dinheiro de EE.UU. Paquistão, onde um muçulmano pode ser castigado com a morte se se converte ao cristianismo.



Ele terminou dizendo: “Não te deixes enganar, ajudamos a estabelecer estes novos regimes islâmicos”, em clara referência à situação no Afeganistão e Iraque, onde os EE.UU. ainda hoje lutam contra extremistas. Para ele, a situação é ainda mais grave na Síria, onde os rebeldes com armas militares são aliados da o-Qaeda nos Estados Unidos. “O dinheiro de nossos impostos não deve ser utilizado para apoiar uma guerra contra os cristãos”, concluiu.


Esta postura tem todo o apoio de Ted Cruz, filho de um pastor evangélico. Ambos são pré-candidatos à presidência nas próximas eleições. No mesmo encontro, durante a Cimeira Votantes de Valores, o 11 de outubro em Washington, Cruz falou na contramão da política exterior de Obama e suas medidas para restringir a liberdade de culto dos cristãos dentro de seu próprio país.


GUERRA GLOBAL CONTRA OS CRISTÃOS?

A princípios deste mês, o jornalista John Allen Jr., lançou seu último livro: “The Global War on Christians” [A guerra global contra os cristãos]. A maioria de seus sinais encontram-se no mesmo tom das declarações dos senadores.


Allen, detalhou o que ele chama onda mundial de violência” que tem feito que os cristãos de hoje sejam o grupo mais perseguido por causa da religião.



“A defesa dos cristãos perseguidos no mundo deve ser a prioridade número um pois é parte de seus direitos humanos”, diz Allen. Para ele, a imprensa mundial tem evitado a apresentação dos relatórios por “outros interesses”.



O jornalista disse que de acordo a sua investigação, durante a primeira década do século XXI, mais de 100.000 cristãos morreram anualmente. Isto é, são 11 pessoas martirizadas a cada hora. Segundo os grupos não religiosos que lutam pelos direitos humanos, 80% de violações da a liberdade religiosa de hoje, são contra dos cristãos.



Allen, faz qüestão de que há que “pôr fim ao silêncio sobre a perseguição contra os cristãos”. Para ele, esta situação se dá em todos os continentes, ainda que em diferente intensidade. Também deixa claro que os conflitos se produzem não só entre cristãos e muçulmanos, os radicais indianos também matam na Índia e no sul da Ásia, a justificativa de alguns massacres é meramente política.



Em seu livro, assinala a existência da perseguição que implica a violência e o assassinato, cujo exemplo mais extremo são os campos de concentração na Coréia do Norte. No entanto, não se esquece de mostrar que há um movimento secular em Occidente que se opõe a todo tipo de manifestação de pensamento cristão, sobretudo por sua postura contrária ao aborto e ao casal gay.
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - A cada hora assassinam onze cristãos por sua fé em Jesus
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.