segunda-feira, 19 de novembro de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



O sangue dos mártires
 

Aproximadamente trinta universitários cristãos executados por Boko Haram em Nigéria

Massacre no campus da Escola Politécnica Federal de Mubi, ao nordeste de Nigéria; enquanto se produzem conversões ao cristianismo no seio de Boko Haram.
MUBI (NIGÉRIA) 05 DE OUTUBRO DE 2012

Aproximadamente 30 estudantes cristãos foram selvagemente assassinados numa mesma noite num centro universitário no nordeste de Nigéria nesta passada segunda-feira. Open Doors (Portas Abertas) de EEUU confirmou que o massacre foi realizado por Boko Haram.



Os assassinatos ocorreram na noite de 1 de outubro, quando vários homens armados e mascarados foram de porta em porta nas habitações do campus da Escola Politécnica Federal de Mubi, uma cidade no remoto estado de Adamawa no nordeste de Nigéria



Segundo testemunhas presentes os terroristas foram separando aos estudantes cristãos dos estudantes muçulmanos, e a seguir, procederam a disparar-lhes ou degolar-lhes ali mesmo.



Segundo um chefe da polícia local, estes assassinatos realizou Boko Haram como represália à detenção de 156 de seus membros em Mubi no final do mês passado,setembro.



"Em Nigéria ser cristão é um grave risco", disse Emily Fontes, porta-voz de Portas Abertas, que ainda acrescentou que assassinar aos cristãos é para Boko Haram “a maneira de acabar com a influência ocidental" no país.


Um dado arrepiante: só em Mubi se realiza algum tipo de ataque violento contra os cristãos quase todos os dias desde novembro de 2011.



Depois do selvagem ataque, Open Doors solicitou orar pelas famílias dos estudantes falecidos, que têm sido "arrojados à dor", e segundo informa estão em "indescritivel sofrimento neste momento."



"Por favor, orem pelos pais, familiares e amigos das vítimas inocentes deste massacre. Oremos para que eles recebam o único consolo que o Senhor pode dar. Oremos para que a justiça prevaleça. Orem para que os cristãos não reacionem violentamente", disse Portas Abertas.



O SANGUE DOS MÁRTIRES REGA NIGÉRIA

Emily Fontes, porta-voz de Portas Abertas que recentemente visitou Nigéria e falou com os líderes cristãos a respeito de Boko Haram, tem declarado que “Nigéria se está a converter num campo de exterminio" para os cristãos.



No entanto, acrescenta, no meio desta tragédia "há membros de Boko Haram que se convertem a Cristo, e Deus está a mudar seus corações".



Há muitos depoimentos que indicam que isto está a iniciar uma mudança de atitude em alguns setores de Boko Haram. Assim, cita Fontes um caso próximo de um dos ex -membros de Boko Haram que aceitou o Evangelho de Jesus Cristo e abraçou a fé cristã. É agora um depoimento do Evangelho para outros membros deste grupo terrorista islâmico, e ainda que recebe ameaças diárias contra sua vida, mantém seu depoimento no meio de um grande risco contínuo.



Outros ex-membros de Boko Haram, explica Fontes, não se converteram ao cristianismo, mas têm visto a "bondade da religião cristã", e agora advertem aos cristãos quando se vai produzir um ataque.
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Aproximadamente trinta universitários cristãos executados por Boko Haram em Nigéria
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.