terça-feira, 14 de agosto de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



México
 

Sacrifica a três familiares em oferta à Santa Morte

Silvia Meraz, junto com quatro menores, assassinou duas crianças de 10 anos e uma mulher.
MÉXICO 07 DE ABRIL DE 2012

Uma família do município de Nacozari, no estado mexicano de Sonora, assassinou a três de seus próprios parentes em uma oferta de sangue a Santa Morte. Nos sacrifícios havíam participado quatro menores de idade.



A procuradoria sonorense deteve a oito membros da família Meraz, que entre dezembro de 2009 e março de 2012 mataram a duas crianças de 10 anos e a uma mulher de 55 durante rituais para pedir proteção, saúde e dinheiro à conhecida como "Menina Branca" no culto a “Santa Morte”. Os degolaram e ofereceram seu sangue.



A INDUTORA

Todos os detidos apontaram a Silvia Meraz, de 44 anos, como autora intelectual dos assassinatos e de convencer ao resto para degolar e oferecer o sangue a 'Santa Morte'.



Sua própria família a aponta como responsável de sacrificar a sua amiga Cleotilde em 2009, logo a seu enteado Martín Ríos, de dez anos, e finalmente a seu neto Jesús Octavio, também de dez anos, durante rituais de sangue e rezas celebrados no interior da casa e diante da imagem da Santa Morte.



A desaparição do último assassinado no mês passado, o pequeno Octavio, foi o que encendiou todos os alarmes. Sua morte nada tinha a ver com a violência da região, nem com ajustes de contas, nem com guerra entre cartéis.



A polícia começou então uma investigação que terminou na semana passada quando apareceram os três corpos enterrados em um terreno aos redores de Hermosillo.



"Silvia Meraz estava convencida de que ao oferecer sacrifícios humanos a Santa Morte e traría benefícios tanto no econômico como na saúde e lhe daría proteção a família, por isso persuadiu ao resto da família".



OS MENORES

Ernesto Munro, secretário da Segurança Pública estatal, informou de que as autoridades tem em custódia a três crianças, de 1, 2 e 5 anos, quem se presume haveríam participado no último crime, onde foi degolado Octavio, um menino de 10 anos.



Debaixo da tutela do Instituto de Tratamento e Aplicação de Medidas para Adolescentes ficou uma adolescente de 15 anos, que também parece que participou nos assassinatos e que desde menina realizava culto a Santa Morte. Segundo Munro Palacio, a adolescente vê como algo normal a prática religiosa que realiza sua família.



Quanto aos detidos estão entre eles os quatro filhos de Silvia: Francisca Magdalena, Georgina Guadalupe e Silvia Yahaira, de 21, 20 e 15 anos, e Ramão Omar Palacios Meraz, de 28. E além deles Eduardo Sánchez Urieta e sua mulher, Zoyla Hada Santacruz Iriqui, quem ofereceram a um enteado como sacrifício. Jesús Octavio, a última vítima, era enteado de Martín Barrón Meraz, outro filho de Silvia Meraz.



O CULTO A SANTA MORTE

O culto a Santa Morte está muito difundido entre a delinquência e a marginalidade mexicana. De origem sincrética, funde elementos pré-hispánicos com elementos cristãos, ainda que as igrejas cristãs o rejeitam e a condenam como satânica.



A Igreja Santa Católica Apostólica Tradicional Mex-USA, "guardiã" deste culto, não está reconhecida oficialmente, mas suas atividades são toleradas e públicas.
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Sacrifica a três familiares em oferta à Santa Morte
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.