sábado, 22 de julho de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Em Ruian (China)
 

Agridem e param a um grupo de cristãos evangélicos chineses que preparavam o Natal

O grupo de cristãos chineses foi atacado por mais de 50 oficiais das forças de segurança na província oriental de Zhejiang.
19 DE DEZEMBRO DE 2011

Segundo um comunicado difundido hoje por este grupo,o ataque teve lugar no passado 13 de dezembro, na cidade de Ruian, quando oficiais das forças de segurança nao identificados golpearam aos cristãos e destruiram o material do local da Igreja Protestante local.

Ruian é conhecido como "o povo do Natal" em China, por ser um dos centros de produçao mundial dos ornamentos e presentes da festividade cristã.
As vítimas, cujo número não foi especificado, foram levadas a prisão e interrogadas, para finalmente serem liberadas.
VÍDEO DO ATAQUE
Membros do grupo atacado apontaram a China Aid que entre os assaltantes reconheceram ao líder do escritório de Assuntos Religiosos local, chamado Lin Changxun, quem, segundo eles, conduziu o assalto, e filtraram um vídeo em Youtube com o ataque que acompanha esta notícia.
@MULT#IZQ#48195@Nas imagens se pode ver como enquanto os membros da igreja preparam um cenário para comemorar o Natal, o grupo de atacantes desconecta o gerador de eletricidade que estão usando e a continuação atacam a alguns dos assistentes (se colocam ao redor com um círculo vermelho nas imágens nos momentos mais violentos).
Antes desta agressão, o grupo de cristãos de Ruian nunca havia tido problemas com as autoridades na hora de organizar suas atividades religiosas, apesar de que este grupo de igrejas evangélicas são "ilegais" ao não estarem registradas e controladas pela organização oficial evangélica administrada pelo governo.
Os membros da igreja de Ruian convocaram um protesto público possivelmente para este fim de semana, apesar do risco que supõe para os manifestantes de ser objeto de novas agressões e detenções.
ATAQUES PRÉVIOS SIMILARES EM CHINA
No último ano, os grupos de cristãos protestantes foram objeto de abusos similares em outros lugares de China, especialmente depois de que uma igreja de Pekín decidiu realizar seu culto ao ar libre ao ter sido expulsa do edificio onde habitualmente se reuniam para tal fim, sem existir razão alguma para serem expulsos.
China Aid informa também de que um grupo de 11 protestantes foram detidos, e um deles golpeado, "debaixo da suspeita de ser parte de uma seita" em outubro, pela primeira vez na região autônoma do Tíbet, e liberados um mês depois.
DENÚNCIA DE FALTA DE LIBERTADE
"Pekín segue demostrando que suas profundas inseguranças não beneficiam o aumento de suas forças", mostrou em um comunicado Bob Fu, ativista religioso chines exilado nos EEUU, de onde preside China Aid.
A ONG pede aos funcionários de Zhejiang que demonstrem seu compromisso para proteger a libertade religiosa com uma compensação ao grupo pelas equipes destroçadas e que exijam responsabilidades penais por seus atos aos violentos que atacaram aos fiéis.
A ONG pede em seu comunicado ajuda aos diplomáticos dos EEUU, a União Européia, Canadá, Noruega, Austrália e Nova Zelanda, para que peçam explicações em suas reuniões com os funcionários do Ministério chines de Assuntos Exteriores.
As autoridades chinesas respondem que respeitam a libertade religiosa de seus cidadãos, cobrada na Constituição, mas só consideram legais as reuniões e celebrações religiosas debaixo da administração dos grupos budistas, taoístas, muçulmanos, protestantes e católicos que controla o próprio governo chines.
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Agridem e param a um grupo de cristãos evangélicos chineses que preparavam o Natal
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.