sábado, 18 de novembro de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Em sua viagem a Benin
 

O papa ataca de novo às Igrejas “evangélicas e pentecostais”

Benedito XVI expressou que igrejas “evangélicas e pentecostais” são a "combinação do sincretismo de religiões".
ROMA 20 DE NOVEMBRO DE 2011

O papa destacou que vai a Benin porque é "um país que recuperou a democracia, que tem paz e liberdade, responsabilidade e justiça e as religiões convivem em meio de um respeito recíproco".



Porém dentro desse respeito recíproco sim cabe uma nova crítica papal “às igrejas evangélicas e pentecostais”, as que mais crescem no cristianismo atual. Algo por outro lado habitual em cada viagem papal, salvo que seja em Estados Unidos, um país de maioría evangélica. Também uma frase incorreta, já que as igrejas pentecostais são uma das denominações que formam parte do conjunto das Igrejas evangélicas.



No encontro com os periodistas a bordo do avião que lhe translada a Cotonú, a capital de Benin, o papa afirmou que frente a esse desafío de “evangélicos e pentecostais” a Igreja católica tem que oferecer uma mensagem simples, profunda e compreensível.



Declarou que é muito importante que o catolicismo não se conceba como um sistema difícil senão como uma mensagem universal.



ATAQUE AOS EVANGÉLICOS

Segundo Benedito XVI, “as igrejas evangélicas e pentecostais” estão crescendo porque pensa que expõem uma mensagem aparentemente compreensiva e uma liturgía participativa que, em realidade, é uma "combinação do sincretismo de religiões".



"Isto garante um éxito mas também implica pouca estabilidade", afirmou o papa. O bispo católico de Roma agregou que muitas vezes esses fiéis se passam de novo à Igreja católica ou a outras Igrejas pentecostais.



Para que não se produza essa “saída” de católicos para essas igrejas, a mensagem da Igreja católica tem que ser "simples, profunda e compreensível", uma mensagem concreta, "de um Deus que nos conhece e nos ama", afirmou.



Também comentou que a instrução não tem que ser muito pesada, senão que tem que dar uma mensagem concreta e que a liturgía tem que ser participativa, mas não sentimental (em uma nova referência aos cultos cheios de expressão de “evangélicos e pentecostais”).
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - O papa ataca de novo às Igrejas “evangélicas e pentecostais”
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.