sexta-feira, 15 de dezembro de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Cristãos perseguidos
1
 

Os cristãos, cada vez mais perseguidos em Índia

Os ataques de radicais nacionalistas, alentados pelo governo de Narendra Modi, crescem perigosamente em Índia.

12 DE MARçO DE 2016 18:10 h
Cristãos manifestam-se pela liberdade religiosa em Índia / Reuters

2015 foi um ano especialmente complicado para os cristãos em India, mas recentemente vários grupos humanitários têm mostrado sua preocupação, indicando que nos últimos dois meses os ataques contra os cristãos têm aumentado ainda mais, nas mãos de nacionalistas indianos.



Segundo informa Fox News, em janeiro e fevereiro deste ano reportaram-se ao menos 30 incidentes de violência religiosamente motivada contra os cristãos.



VIOLÊNCIA ALENTADA DESDE O GOVERNO



A violência contra de cristãos sempre tem existido no país, mas experientes em liberdade religiosa asseguram que hoje em dia é muito comum a impunidade por tais ações, devido à falta de ação por parte do governo a cargo do premiê Narendra Modi.



Jeff King, presidente da entidade humanitária International Christian Concern, por seu nome em inglês acha que “são lobos vestidos de ovelha. Tem existido um incremento em ataques porque estes nacionalistas sentem-se inspirados por Modi no poder.”



“O governo, que obteve o poder com a eleição do premiê Narendra Modi do Partido Bharatiya Janata, tem fortes laços indianos nacionalistas. Como resultado, o hinduismo radical, que já estava presente baixo o governo anterior, se incrementou continuamente”, afirma David Curry, presidente de Open Doors USA.



Curry agregou que “o governo central se recusou a falar na contramão das atrocidades, animando até agora a indianos radicais a aumentar sua discriminação contra os cristãos”.



ATAQUE A UMA IGREJA DURANTE O CULTO



International Christian Concern (ICC), tem denunciado que uma igreja pentecostal no estado de Chhattisgarh da Índia, foi atacada na semana passada pelos radicais indianos quando a igreja estava a levar a cabo seu serviço normal do domingo. A polícia local deteve a sete pessoas em relação com o ataque.



Segundo as testemunhas, os radicais chegaram em moto, entraram na igreja, e começaram a causar o caos. Sessenta cristãos, que celebravam o culto nesse momento, foram golpeados pelos radicais que também destruíram instrumentos musicais, cadeiras e Biblias.



Os radicais supostamente também golpearam e despiram à força várias mulheres cristãs.



Arun Pannalal, presidente do Foro Cristiano Chhattisgarh, explicou que os radicais justificaram seu ataque à igreja, afirmando que se estavam a produzir conversões forçadas na região.



 



Narendra Modi.



"Começaram alegando que as pessoas se estão a converter ali, mas depois fugiram antes que a polícia pudesse os atingir”, informou Pannalal aos meios.



Este é o sexto ataque contra praticantes em Chhattisgarh nas últimas seis semanas.



INCIDENTES SEM CASTIGO



Numa dúzia de incidentes, a polícia local não tomou nenhuma ação contra os atacantes, disse o grupo humanitário, citando um fato ocorrido no passado 29 de janeiro no estado de Tamil Nadu, ao sudeste do país.



Uma multidão de radicais indianos golpearam e arrastaram a um sacerdote católico e outros três membros da igreja para fora do veículo no que se transportavam. As quatro vítimas foram hospitalizadas e o sacerdote requereu tratamento na unidade de cuidados intensivos.



Duas semanas após esse ataque, um pastor local do estado de Telangana e feligreses de sua igreja foram golpeados por outra multidão de aproximadamente 40 radicais indianos que lhes acusaram de tratar de converter outros indianos ao cristianismo.



Durante esse ataque uma menina de quatro anos resultou ferida, sofrendo fraturas em ambas de suas pernas durante o ataque.Também não efectuaram-se detenções contra os atacantes.



PREOCUPAÇÃO PELOS CRISTÃOS EM ÍNDIA



O ataque de Chhattisgarh produziu-se dias após que uma carta do Congresso de Estados Unidos tem sido enviada ao premiê da Índia expressando sua grave preocupação pelo aumento da intolerância religiosa na Índia.



A Índia ocupa o posto 17 na Lista Mundial de Perseguição elaborada por Portas Abertas, que mede o grau de violência e opressão para os cristãos em todo mundo.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Os cristãos, cada vez mais perseguidos em Índia
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.