quinta-feira, 17 de agosto de 2017   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



Irlanda del Norte
 

“Aprendemos a depender de Cristo e de sua Igreja mais que nunca”

La panadería de los MacArthur fue demandada tras negarse a preparar un pastel con consignas a favor del matrimonio gay. Perdieron el juicio, pero están dispuestos a recurrir.

LONDRES 28 DE NOVEMBRO DE 2015 13:36 h
Daniel Macarthur Daniel MacArthur, respondendo aos meios depois do julgamento. / Solas Magazine

A princípios deste ano, no Norte de Irlanda, um negócio que pertence a uns cristãos ocupou os titulares internacionais após que um juiz opinasse que tinha discrimi­nado a um cliente em base a sua orientação sexual. A Padaría Ashers, dirigida pela família McArthur, teve que ir à corte após se negar a fornecer um bolo que tinha um eslogan a favor do casal do mesmo sexo.



O gerente geral de Ashers, Daniel McArthur, foi entrevistado por Solas Magazine.



 



Solas Magazine: Comecemos por conhecer um pouco mais a respeito de tua família e teu negócio. Poder-nos-ias fazer um breve resumo?



Daniel McArthur: Pois, somos Daniel e Amy McArthur, os dois temos 25 anos, e temos duas filhas. Trabalho como gerente geral em Ashers, nosso negócio de padaría familiar, e Amy é uma mãe a tempo completo mas também faz, de vez em quando, o desenho gráfico para a padaría.



 



SM: Por que acabou a Padaría Ashers nas notícias?



DM: Brevemente, a companhia da padaría Ashers acabou nas notícias porque nos pediram que fizéssemos um bolo decorado com as palavras ‘Apoia o Casal Gay” para um homem de um grupo de direitos gays. Nos negamos a cumprir a ordem, porque era obviamente contraditório ao que a Bíblia ensina sobre o casal.



 



SM: Então, a loja Padaría Ashers nega-se a servir aos homossexuais?



DM: Ja! Apesar da publicidade e o caso ante o tribunal ainda temos muitos homossexuais que vêm a nossas lojas a diário e estamos mais que contentes de lhes poder servir.



 



SM: Qual era o julgamento ao que vos enfrentáveis?



DM: O julgamento ao que nos enfrentamos dizia que tínhamos discrimi­nado a um cliente em base a sua orientação sexual, em base a crenças religiosas e em base a crenças políticas. Para mim foi algo novo que se pudesse discrimi­nar a uma pessoa simultaneamente em três formas diferentes de uma vez!



 



SM: Irão recorrer à decisão? Se o farão…quando será?



DM: Bom, sim, à luz do julgamento temos decidido recorrer. A taxa atual do processo significa que seguramente será ao redor da primavera de 2016.



 



SM: Que passa se não tiverem sucesso quando recorrerem?



DM:A um nível muito básico, as consequências são muito pequenas; significa que ainda teríamos que pagar as 500 libras que originalmente se lhe atribuiu por ‘ferir as emoções’. Mas a nível de liberdade religiosa, acho que as consequências são um pouco mais sérias. Não há dúvida alguma de que aos grupos de pressão secularistas e homossexuais encantar-lhes-ia que os cristãos deixassem de falar tanto sobre coisas como o pecado e o arrependimento. Este vexame no que nos encontrámos é simplesmente uma tática para silenciar aos cristãos, sem importar o ridículo que seja.



 



SM:Obviamente agarras-te com firmeza a tuas crenças. Podes falar-nos um pouco mais sobre tua vida cristã?



DM:Crescemos em famílias cristãs, fomos a escolas cristãs e estamos muito agradecidos por tudo com o que nos abençoou. Adoramos na Igreja Presbiteriana Reformada da Trinidade e aí é onde desfrutamos do companheirismo e a comunidade com outros cristãos. O caso ante o tribunal tem trazido muitas coisas boas já que temos aprendido a depender de Cristo e de sua Igreja mais que nunca.Também nos deu muitas oportunidades para falar com amigos e colegas sobre nosso amor pessoal por Jesus Cristo.



SM: Há algo que outros cristãos possam fazer para vos apoiar?



DM:Acho que o melhor é que estudemos a Biblia para que saibamos por que o casal do mesmo sexo é uma farsa absoluta do casal bíblico ordenado por Deus. Atualmente, é onde as linhas de disputa se desenharam no mundo ocidental e muitos cristãos estão a duvidar porque são facilmente enganados com argumentos simples e emocionalmente carregados. (O Apóstolo) Paulo diz que devemos nos esperar este tipo de ensino falso que apela às paixões das pessoas em vez de viver nossas vidas com resistência e com sacrifício como o de Cristo (2ª Timoteo 4). A parte disto, orem pela misericordia de Deus e por arrependimento pelos pecados que nossa nação está determinada a cometer.


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - “Aprendemos a depender de Cristo e de sua Igreja mais que nunca”
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.