sábado, 18 de agosto de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
Comemoração genocídio armênio
 

França: “Temos que falar claro, os cristãos estão sendo erradicados em Oriente Médio”

Manuel Valls, premiê: “Não esquecer os genocídios é também fazer tudo para os evitar enquanto se está a tempo”.

FONTES Agencias Paris 25 DE ABRIL DE 2015 12:09 h
Manuel Valls Manuel Valls, primeiro ministro de França.

França é um país laico, mas isso não evita que seus representantes recordem os fundamentos cristãos do país. Faz uns dias, o premiê francês, Manuel Valls reagia a as amenaças contra duas igrejas em París recordando que a fé cristã pertence “à essência da França”.



Sexta-feira, Valls saiu de novo em defesa dos cristãos, desta vez dos que vivem em Oriente Médio e “estão sendo erradicados”.



Exigiu que se pusesse fim à “campanha de exterminio” levada a cabo em Síria e Iraque pelo grupo os yihadistas.



“Devemos pôr nome às coisas, estabelecer a verdade. Os cristãos do Oriente, como outras minorias, estão sendo erradicados nessa região como consequência desse terrorismo horrível”, disse o chefe do governo francês na comemoração em Paris do centenário do genocídio armênio a mãos do então Império Otomano.



“Não esquecer os genocídios é também fazer tudo para os evitar enquanto se está a tempo”, acrescentou o chefe do Governo galo, que reforçou que a "primeira exigência moral" reside em chamar ao genocídio armênio por seu nome.



 



CRISTÃOS ARMÊNIOS, PERSEGUIDOS TAMBÉM AGORA



As autoridades turcas não reconhecem o genocidio e fazem questão de que se tratou de trágicas consequências da guerra contra Rússia, mas não de um exterminio planificado de armênios.



Valls instou a ser “particularmente vigilantes” sobre a atual sorte dos armênios em Síria, e lamentou que “uma vez mais, sejam perseguidos por ser armênios”.



“Fechar os olhos seria culpado”, concluiu o premiê francês numa cerimónia na que participaram cerca de 10.000 pessoas, segundo os organizadores, e depois da que, como gesto “histórico inédito”, segundo a Prefeitura de Paris, a Torre Eiffel apagar-se-á a partir de 19.30 GMT e durante toda a noite em reconhecimento a essas vítimas.



 


 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - França: “Temos que falar claro, os cristãos estão sendo erradicados em Oriente Médio”
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.