domingo, 24 de junho de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 
Flecha
 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



 

Jesus se afundou com seu Titanic

Cem anos depois do naufrágio do Titanic, dois mil anos depois de Jesus, a sociedade e o ser humano em geral seguem seu caminho tentando confiar em si mesmos.
20 DE ABRIL DE 2012

Existe uma busca da segurança na ciência, tecnologia, medicina, ou dinheiro (o pouco que fica dele), o poder. Nada novo debaixo do sol.



Definitivamente, se trata de controlar nosso próprio destino.



Entretanto, a realidade seria reconhecer ( dizia alguém tão pouco suspeito de crer em Deus como John Lennon) que a vida é aquilo que ocorre enquanto nós fazemos outros planos.



Talvez a pergunta seria melhor se é possível depositar nossa confiança em algo ou alguém alheio a nós mesmos. Se é impossível, melhor apertar a vida ao máximo até que estoure, o ser no humanamente razoável o mais cauteloso, prudente e pragmático que possamos até que tudo termine.



Em ambos extremos (com toda uma ampla gama intermediaria) transcorre uma vida entre a anarquía e a rotina, entre o risco absoluto e o maior dos medos. Triste existência neste caminho para o ser humano.



A própria religião cai nestas mesmas posturas, vivendo a um Deus sem ordem alguma, ou convertendo a ordem em um deus.



Como sempre, surge a figura de Jesus como a vía alternativa, contra-corrente, inesperada e revolucionária. Alheio a religiões, igrejas, confissões, credos, normas, sentimentos, impulsos e anarquias. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”.



Não tem outro caminho (religioso ou não religioso), verdade (filosófica ou vivencial) e vida (natural ou espiritual) que Ele mesmo. Daí a importância de encontrar-se com Ele, e só com Ele, e sem ninguém mais que Ele. E ao dizer “Ele” falamos do Jesus histórico que revelam os quatro Evangélios, sem intermediários. Esses quatro livros que são absolutamente mais confiáveis que os que falam de personagens mais próximos e aceitos como são Platão ou Júlio César.



A partir de aí deriva tudo. Sem dúvida existe uma ética, uma Igreja, um credo, uns sentimentos e uma vivência que integrar e experimentar. E por em cima disto, a confiança única, universal, absoluta, eterna, radical, sem letra pequena, que Jesus de Nazaré reivindicou para si mesmo.



O director da orquesta do Titanic, de tradição metodista (protestante, seu pai era diretor do coral da igreja) tocou faz cem anos no funeral de sua própria morte “Mais cerca, meu Deus, de ti” enquanto o enorme transatlântico se afundava. Nunca voltou vivo do fondo do oceano.



Por sua parte, Jesus clamou em seu próprio naufrágio na nave de madeira do Gólgota: “Em tuas mãos encomendo meu espírito”. E depois de afundar-se no Titanic da cruz, voltou à vida para proclamar que havía vencido a morte, e com Ele todos os que confíem em sua pessoae em sua obra, incluído –esperamos- o diretor da orquestra do Titanic.



“Quem crer em mim, ainda que esteja morto, viverá”. Disse Jesus antes de ressuscitar a Lázaro, que cría nEle. Antes de ressuscitar-te a ti, se crês nEle, quando um dia a nave de tu vida -teu Titanic- se afunda nas sombras do Mar da Morte.



E antes disto, na morte que supõe cada dia, com as sombras do sono e o renascer da vida em cada amanhecer, este mesmo milagre, essa expectativa de uma realidade que se experimenta desde a fé, desde a confiança nEle, pode ser parte de tua experiência diária.



Onde tens posta tua segurança e confiança?
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - Jesus se afundou com seu Titanic
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.