quinta-feira, 24 de maio de 2018   inicía sessão ou registrar-te
 
Protestante Digital
 

 
 
SIGA-NOS EN
  • Twitter
  • Facebook
 

Newsletter
Newsletter, recebe todas as notícias em tua bandeja de entrada
 
 
 

ENCUESTA
Encuesta cerrada. Número de votos: 0
VER MÁS ENCUESTAS
 



 

Imortalizando a dor

Lembra, há tempo de chorar e tempo de rir.
ÍNTIMO 30 DE OUTUBRO DE 2011

Nem sempre consigo secar minhas lágrimas com a prontidão que desejo.



As vezes seu recorrido é longo, chegam a inundar meu coração com uma salgada ansiedade.



Quando estou próximo de Deus, emito meu pedido com a voz da alma e espero que este clamor chegue vivo a seus ouvidos divinos.



No espaço que recorro até chegar a Ele, são muitas as lágrimas que derramo.



Desejo secar as lágrimas para que ninguém as veja, mas, não sou ágil como quero, e em muitas ocasiões me veem chorar.



Sei que é necessário verter esse amargo pesar. Sei que guardar dentro de mim não é a melhor opção. Derramar meu pranto, emitir orações, derreter-me com a névoa e deixar que o fraco sol da manhã dissipe toda tristeza.



Ao que me nego com absoluta rotundidade é a permanecer de forma perpétua nesta sala fria de eterno pesar. A deixar-me manipular por sentimentos que deveriam ficar sepultados e que reaparecem uma e outra vez.



Quando acaricío o que pode ser e não foi, estou perpetuando minha dor. Cada vez que me limito vendo como os demais avançam e eu sigo pesarosa na linha de saída , estou fazendo ver a quém olha desde longe que meu Deus não é um Deus todo poderoso.



Meu pranto, ao igual que o seu há de ter seu fim. Deve ficar no passado, convertido em uma triste lembrança sobre o que planta esquecimento.



Cada dia contém a dose adequada para que possamos fazer dele uma jornada memorável. Nem sempre os ingredientes que nos dá são os apropriados, ou simplesmente não sabemos misturar corretamente, porém sim, neste novo dia nos concedemos a oportunidade de ser felizes, seremos conscientes de que a vida está formada por pequenos instantes de imprecisa felicidade.



Lembra, há tempo de chorar e tempo de rir.



Guarda hoje tua tristeza e põe um sorriso em teu rosto.
 

 


0
COMENTÁRIOS

    Se queres comentar ou

 



 
 
ESTÁS EM: - - - Imortalizando a dor
 
 
 
 
RECOMENDAÇÕES
 

Protestante Digital é um diário online gratuito que se financía por meio da publicidade e patrocinadores. Para apoiar nosso trabalho e poder seguir desenvolvendo esta atividade de uma maneira aberta aos leitores, você pode fazer uma doação mediante PayPal ou fazendo uma transferência bancaria (com o assunto: Doação Protestante Digital).

ES85 21000853530200278394
 
PATROCINADORES
 

 
AEE
PROTESTANTE DIGITAL FORMA PARTE DA: Alianza Evangélica Española
MEMBRO DE: Evangelical European Alliance (EEA) y World Evangelical Alliance (WEA)
 

As opiniões vertidas por nossos colaboradores se realizam a nível pessoal, podendo coincidir ou não com a postura da direção de Protestante Digital.